Pesto de castanha de caju

Olá, aqui vai mais uma receita facílima e deliciosa. O molho ao pesto é originário da Itália e a sua versão original é feita com pinoli, um tipo de mini pinhão bastante comum na costa do Mediterrâneo.

Quem já tentou comprar já percebeu que aqui não é fácil de achar e custa os olhos da cara. Assim propomos uma versão abrasileirada e mais em conta, mas não menos saborosa.


Ingredientes para 04 pessoas:

  • 1 maço de manjericão fresco (de folhas largas)
  • 150g de castanha de caju – pode ser picada
  • 3/4 xícara de azeite de oliva
  • 500g de macarrão – nesse caso usamos spaghettoni n7 da Barilla
  • sal
  • queijo parmesão ralado de boa qualidade
  • 04 filés ou chuletas de carne bovina (opcional)
Lave o manjericão em água corrente sem esfregar muito. Coloque as folhas de manjericão, o azeite e a castanha no liquidificador e bata usando a função “pulsar”. Acrescente sal a gosto. Na versão original genovesa os ingredientes são socados no “pesto”, um tipo de pilão. Pestare quer dizer “esmagar” em italiano, daí o nome do molho. Mas como não temos o pesto, vamos de liquidificador mesmo. Um processador de alimentos também resolve.
Se você comprar castanhas picadas (que são mais baratas), pode usá-las do jeito que estão se preferir, batendo só o majnericão com o azeite e acrescentando-as depois. Eu prefiro tudo bem batidinho e cremoso. Mas isso vai de cada um, não é mesmo?
Cozinhe o macarrão conforme a embalagem, escorra, misture bem com o molho e sirva polvilhado com queijo parmesão. A qualidade do queijo neste caso importa muito. Faz parte do sabor final do prato. Esse molho pode ser feito com qualquer tipo de massa; também dá para comer com pão, etc.
Carnes combinam muito bem com pesto. Assim se você quiser pode acompanhar o prato de bifes ou chuletas fritas no azeite de oliva e temperadas com sal, fica uma delícia.

2 comentários sobre “Pesto de castanha de caju”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.